Fotointerpretação: o que é e para que serve?

Publicado por Adenilson Giovanini em

A fotointerpretação é a técnica que consistem em examinar-se os objetos presentes em uma fotografia e deduzir sua significação.

A fotointerpretação é bastante importante à elaboração de mapas temáticos. Neste artigo você pode ver quais são os diferentes mapas temáticos existentes.

Qual a diferença entre a fotointerpretação e a fotogrametria

 

Fotogrametria

 

A fotointerpretação se difere da fotogrametria no que se refere ao tratamento do dado.

Isso porque a fotogrametria se preocupa com a acurácia posicional e geométrica dos objetos, ou seja, com os aspectos quantitativos.

A fotointerpretação por outro lado, está relacionado com a significância do objeto, ou seja, com o aspecto qualitativo.

Na verdade, no que se refere à cartografia, tanto os aspectos qualitativos quanto quantitativos dos dados são importantes e seu grau de acurácia e/ou detalhe dependem da escala do mapeamento.

 

Aplicações da fotointerpretação

Classificacao por fotointerpretacao

 

No que se refere a engenharia, a fotointerpretação pode ser usada:

  • Em estudos de localização de estradas, redes de alta tensão, oleodutos e gasodutos, propondo diferentes traçados;
  • Na exploração mineral;
  • Na agricultura;
  • No planejamento urbano;
  • Dentre outros.

Elementos da fotointerpetração

Tonalidade Textura Forma Padrão Sombra/Tamanho Associação

Tonalidade Textura Forma Padrão Sombra/Tamanho Associação

Durante o processo de fotointerpretação faz-se a utilização de elementos de reconhecimento, os quais servem de fatores-guia no processo de reconhecimento e identificação dos diferentes alvos existentes na superfície terrestre.

Este mesmo processo serve para fotografias aéreas e também para imagens de satélite.

Os elementos básicos que devem serem levados em consideração durante o processo de interpretação de imagens são os seguintes:

  • Tonalidade e cor;
  • Forma e tamanho;
  • Padrão;
  • Textura;
  • Associação e
  • Sombra.

Vamos entender melhor estes diferentes elementos.

 

Tonalidade e cor

tonalidade e cor fotointerpetração

A tonalidade refere-se a intensidade de energia eletromagnética refletida por um tipo de alvo na superfície terrestre em uma determinada banda do espectro eletromagnético.

Em outras palavras, na fotogrametria, a tonalidade está estreitamente relacionada com o comportamento espectral das diferentes coberturas da superfície terrestre.

 

Forma e tamanho

forma e tamanho - fointerpetração

A forma é definida através da geometria dos objetos e o tamanho é diretamente proporcional à escala.

A forma é um elemento importante na fotointerpretação, pois facilita o reconhecimento de alguns alvos na superfície terrestre, tais como:

  • Estradas e linhas férreas (que apresentam formato longitudinal);
  • Cultivos (que tem formas regulares e bem definidas pois as culturas são plantadas em linha ou em curva de nível);
  • Reflorestamentos (que tem formas regulares)
  • Áreas irrigadas por pivô central (que apresentam formas arredondadas);
  • Reservatórios;
  • Complexos industriais;
  • Aeroportos;
  • Estruturas geológicas e geomorfológicas;
  • Cidades (que apresentam formas reticulares devido aos cruzamentos de suas avenidas e ruas);
  • Rios (que apresentam forma sinuosa);
  • etc.

Paralelamente a forma, deve-se também levar em consideração o tamanho dos alvos. Isso porque algumas vezes alvos diferentes apresentam formas semelhantes, mas tamanhos diferentes, o que auxilia na sua caracterização.

Por exemplo, as áreas de horticultura têm forma semelhante às áreas de plantio de cana-de-açúcar, porém as mesmas possuem tamanhos diferentes.

O mesmo acontece com rios, os rios principais e os tributários têm a mesma forma sinuosa, mas tamanhos diferentes.

Resumindo:

Forma: definida através da geometria dos objetos e o tamanho é diretamente proporcional à escala. É um elemento importante, pois facilita o reconhecimento de alguns alvos na superfície terrestre.

 

 

Fotointerpretação – Padrão

padrão - fotointerpetração

 

Este elemento é bastante utilizado em fotografias aéreas e em imagens de alta resolução.

O padrão é definido a partir da união e extensão das formas que podem se repetir regularmente com variações tonais na imagem.

O padrão pode ser representado por obras feitas pelo homem ou feições naturais. Como exemplos temos:

  • Padrões de drenagem;
  • Padrão das plantações;
  • De construções;
  • De minerações;
  • etc.

Em estudos de bacias de drenagem, o padrão de drenagem é um elemento importante, pois ele está associado ao tipo de solo, rocha e estrutura geológica na área que está sendo estudada.

O Padrão também nos permite identificar alguns tipos de coberturas artificiais, tais como plantações, áreas de reflorestamento, áreas urbanas, distritos industriais, área urbana e algumas áreas de lazer, etc.

Resumindo:

Padrão: é um elemento importante, pois ele está associado ao tipo de solo, rocha e estrutura geológica na área que está sendo estudada.

 

Textura

 

Fotointerpretação - padrão e textura

Na fotointerpretação, a textura é o arranjo dos tons numa área da imagem. A mesma resulta no aspecto suave até rugoso de um alvo na fotografia ou imagem.

O elemento textural passa a ser a menor feição contínua e homogênea distinguível em uma fotografia aérea, porém passível de repetição.

Por exemplo, uma árvore ou um grupo de árvores.

A textura varia sempre com a escala.

 

Fotointerpretação – Associação (ou convergência de evidências)

Fotointerpretacao da APP urbana

 

Elementos ou objetos que estão comumente associados, nos quais um tende a ocorrer em função do outro.

Por exemplo, na imagem acima é possível deduzir-se que existe um córrego mesmo sem ser possível ver-se o mesmo.

Um outro exemplo de utilização de associação na fotointerpretação é a ocorrência de mangue, que se dá por uma conjuntura de fatores de influência fluvio-marinha.

 

Sombra

Fotointerpretação

É outro elemento importante na interpretação de imagens de satélite, mas na maioria das vezes dificulta a interpretação das imagens porque esconde a informação onde ela está sendo projetada.

De um modo geral, o relevo sempre provoca uma sombra do lado oposto a incidência do sol, fazendo com que estas áreas apresentem tonalidades escuras na imagem, dificultando assim a caracterização dos alvos na superfície terrestre.

 

Créditos: este artigo sobre fotointerpretação é baseado em um material didático escrito pelo professor Felipe da UFPR. Todos os créditos pela escrita devem ir para o mesmo. o que eu fiz foi apenas reorganizar o conteúdo, tornando a leitura mais fluída e deliciosa.

Link: https://docs.ufpr.br/~felipe/fotointer.pdf

É isso por este artigo. Lembrando que eu também possuo uma série de cursos práticos e de livros.

Se você quer MERGULHAR FUNDO e aprender a prestar serviços com grande velocidade e com segurança, acesse este link e conheça os mesmos.

Gratidão por você ter lido o artigo. 🙏

 

 

Domine a Topografia Cadastral através de um livro formado por centenas de exemplos práticos

livro de topografia e georreferenciamento

Você quer dominar a Topografia Cadastral?

Então eu tenho uma ótima noticia para você. Me refiro ao livro Topografia Cadastral e Georreferenciamento de Imóveis Rurais na Prática.

O mesmo é dividido em 10 capítulos recheados com muitos estudos de caso e exemplos práticos. Dê uma espiadinha no sumário do mesmo:

 

 

Para conhecer melhor a estrutura do livro, juntar-se a mais de 800 profissionais e adquirir sua cópia é só clicar no botão abaixo:

 

 

 

 

 

 

Categorias: ArcGIS

Adenilson Giovanini

O Professor Adenilson Giovanini é especialista em Topografia Cadastral e Georreferenciamento de Imóveis Rurais. Possui mais de 960 artigos em seu blog e mais de 520 vídeos em seu canal no youtube. Também é o autor do livro Topografia Cadastral e Georreferenciamento de Imóveis Rurais na Prática, que desde que foi lançado é o livro mais vendido do pais sobre o assunto.

121 Planilhas, templates, Lisps e Modelos de Peças Técnicas Que Todo Agrimensor Deveria Ter!

Baixe-os agora, Aumente Sua Produtividade e Melhores a Qualidade das Plantas Que Você Produz!