AutoCAD para Topografia: 5 dicas de utilização

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Neste post quero compartilhar com você 5 dicas de como utilizar o autocad para topografia.

No caso, no mesmo trarei alguns conhecimentos tirados do E-book AutoCAD para topografia. O mesmo é um E-book prático, no qual passo uma série de conhecimentos que ajudarão você a utilizar o AutoCAD profissionalmente, produzindo plantas que deixam seus clientes de queixo-caído.

Para conhecer melhor o mesmo é só acessar este link.

autocad para topografia

No final do post vou falar um pouco mais deste fabuloso E-book. Antes disso, vamos ao conteúdo do post propriamente dito.

 

 

Dica 1 de AutoCAD para topografia: tamanho ideal de texto

tamanho de texto

Durante a produção de plantas topográficas o texto deve ter um tamanho especifico, o qual naturalmente, varia de acordo com a escala do projeto.

Diante disso, muitos profissionais acabam produzindo plantas com o texto estando fora de escala.

A primeira dica que quero compartilhar com você é a este respeito. Para descobrir o tamanho que o texto deve ter, você não precisa decorar norma técnica ou algo do tipo, é só utilizar uma simples regra de três.

Por exemplo, sabendo que o tamanho ideal do texto em uma escala de 1:10.000 é 20, que em uma escala 1:5.000 é 10 e que em uma escala de 1:2.000 é 2, utilizando uma regra de três, conseguiremos descobrir qual o tamanho que o texto deve ter, pouco importa a escala do mapa.

Por exemplo, se em uma escala de 1:10.000, o tamanho do texto deve ser de 20, por regra de três, em uma escala de 1:9.500, percebemos que o tamanho do texto deve ser de 19.

 

 

Dica 2: Inserindo grade de coordenadas no AutoCAD

grade de coordenadas no autocad

Este tutorial ira lhe ensinar a inserir uma malha com coordenadas no AutoCAD.

Primeiramente acesse o seguinte link (http://otopografo.blogspot.com.br/p/autolisps_21.html). Você será redirecionado para uma pagina do blog “O Topografo“. No caso, o mesmo é um projeto que toquei em 2013. 

No mesmo, passei uma série de rotinas lisps de utilização do autocad para topografia. A primeira delas é justamente uma rotina a respeito da utilização de grades de coordenadas no AutoCAD.

No inicio da pagina do link acima têm o link para um tutorial que ensina a carregar rotinas lisps no AutoCAD, o mesmo ajudara você neste procedimento.

Uma vês que você já tenha inserido a rotina no AutoCAD e esteja com o desenho pronto, siga o seguinte procedimento:

Digite “dist” na linha de comandos e veja o tamanho do desenho. No meu caso, o desenho possui 184 mm para y e 299 mm para x.

Digite “m4” na linha de comandos. No caso, este é o comando para você puxar a rotina malha retangular no AutoCAD. Na figura abaixo você pode visualizar o poligono que utilizei de exemplo e o comando “m4” digitado na linha de comandos.

Uma vez que você tenha digitado “m4”,“enter”. Ao fazer isso aparecerá aparecerá a frase “ingrese El tipo” na linha de comandos do AutoCAD. Digite “0,0”.

Dê 2 enters e o AutoCAD pedirá o intervalo da malha.

 Neste momento, você digitará as distâncias encontradas anteriormente, no meu caso, 184 mm para y e 299 mm para x.

A partir destas medidas, percebi que com um espaçamento de 60 mm conseguirei desenhar uma malha de proporções ideais, logo, digitaremos “60” e daremos “enter”.

Dica de amigo: provavelmente a primeira malha que você desenhar ficará ruim. Faça novos testes até que a mesma fique com as dimensões ideais.

Continuando…

Após digitar a distância da manha, o altoCAD pedirá a altura do texto, digite “12”. Com isso o AutoCAD pedirá os vértices da  área, clicaremos em quatro posições estratégicas (figura abaixo). Nem muito perto do desenho, para que não desenhe uma malha muito pequena, nem muito longe, para que não desenhe uma malha demasiadamente grande.

dê uma espiadinha na imagem abaixo e veja os pontos vermelhos indicando posições ideais para a delimitação da malha.

 

rotina malha

 

Em seguida, o AutoCAD pedirá o ângulo do texto para x e para y. Digite “90” e “1”. Com isso a malha será desenhada.

malha no autocad

 

Usaremos a ferramenta extrim para ajeitar o desenho, tirando a malha da área do polígono. O desenho deve ficar parecido com o da figura abaixo.

malha de coordenadas no autocad

 

Também podemos excluir as linhas extras, encurtar as outras usando a ferramenta trim e deixar as coordenadas apenas nos lados inferior e direito do desenho, entre outras mudanças que ficam a critério do cadista.

 

Dica 3 de AutoCAD para topografia: Encontrando ponto mais ao norte e ajeitando sentido de um polígono

Para descobrir o ponto mais ao norte da poligonal utilizaremos o comando ortho, com o mesmo acionado pegamos uma polyline e clicamos no ponto que achamos que está mais ao norte, se ao movermos a polyline no sentido horizontal a mesma não ultrapassar os limites do polígono significa que encontramos o ponto, tal operação pode ser visualizada na figura abaixo.

autocad para topografia - ponto mais ao norte

Uma vês que tenha encontrado o ponto, posso marcar  o  mesmo clicando em outro local ao norte do ponto, conforme mostro na figura abaixo.

achando ponto mais ao norte

Um vês que tenha encontrado o ponto mais ao norte vai utilizar o comando break para ajeitar o sentido do polígono, para isso, com o comando ativado, clique um pouco antes do ponto e clique no  ponto,  ficará  como  na figura abaixo.

comando break

Agora simplesmente juntaremos o estremo da linha ao ponto mais ao norte.

 

Após fazer isso, utilizaremos o comando pedit para ver o sentido da linha. Digite “pedit”, selecione o polígono, digite e ao dar enter surgirá um X no ponto mais ao norte, de certa forma que ao darmos mais enters, o X começara a correr os vértices no sentido horário, conforme você pode visualizar na figura abaixo.

autocad para topografia - comando pedit

 

 

Dica 4: Mudando propriedades do layer através do comando filter

O comando filter têm por objetivo facilitar os trabalhos no AutoCAD, o mesmo automatiza os trabalhos de mudança de atributos de um layer com poucos cliques. Ou seja, não é necessário mudar os atributos manualmente em cada um dos elementos plotados.

Por exemplo, você possui um trabalho e deseja mudar algum atributo de determinado layer, digamos que a cor e o próprio layer ao qual o dado pertence, nome ou a espessura.

Um exemplo prático seria mudar a cor de todos os pontos do layer “pontos de campo” da figura abaixo.

layers do projeto

 

 

 

Segue o procedimento:

Digite “filter” e dê “enter”.

utilizando o comando filter

 

Acionando o comando filter. Aparecerá um menu flutuante. Veja o detalhe na imagem abaixo:

menu flutuante

 

Clique em “Add selected object” (figura abaixo – acionando o comando filter), o objeto será selecionado e aparecerá novamente o menu” object selection filters”, porém perceba que na parte branca aparecerá a descrição dos atributos do layer.

comando filter

 

Você deixara dentro desta caixa apenas os atributos que  deseja mudar, no caso a cor, os demais atributos você apagará. Vá selecionando e deletando os atributos. Deverá ficar como na figura abaixo.

filtrando o desenho

 

Clique em “apply” para aplicar. Ao fazer isso a caixa sumira e o cursor mudarão, digite “ALL” para aplicar a todos, dê “enter” e selecione todos os elementos do layer pontos de campo (figura abaixo).

pontos de campo

 

Vá na guia de propriedades do layer e mude a cor, no caso mudei para amarelo (figura abaixo).

propriedades do layer

Perceba como que rapidamente você conseguiu mudar a cor de todos os elementos de determinado layer.

 

Dica 5 de AutoCAD para topografia: como produzir plantas com grande velocidade

planta no autocad

Quando se fala na utilização do autocad para topografia, muitos profissionais perdem muito tempo ao utilizarem procedimentos pouco produtivos.

Na empresa na qual eu trabalhava, antes de abrir meu próprio escritório, os demais colaboradores eram apavorados com a velocidade com a qual eu produzia uma planta.

Plantas simples como, por exemplo, com a área útil de uma propriedade, era normal eu produzir 10, 15 plantas, com apenas 2 ou 3 horas de trabalho.

E como eu fazia isso:

Simples, ao invés de criar um projeto do zero, eu tinha salvo em uma pastinha na área de trabalho um modelo de cada uma das diferentes pranchas.

Com isso, sempre que ia produzir um mapa, a primeira coisa que fazia era olhar a escala do projeto. Com isso, pegava os dados e simplesmente colava na prancha ideal, utilizando o comando “paste to original coordinates“. 

Ou seja, eu não precisava criar layers, configurar o layout e nem nada do tipo. O que eu fazia era simplesmente vetorizar e hachurar os dados, escalar o desenho, ajeitar os dados cadastrais e a planta estava pronta.

Outra coisa que eu costumava fazer era deixar acumular uma série de serviços na fila. Os técnicos da empresa iam a campo, obtinham dados e iam me entregando os mesmos. Com isso, eu esperava alguns dias até que tivesse os dados de umas 10 ou mais propriedades.

Com isso, abria o AutoCAD e produzia todas as plantas de uma única vez. Perceba que ao utilizar este procedimento, eu ganhava bastante tempo, pois não precisava abrir o AutoCAD para produzir somente uma planta. Ou algo do tipo. 

Quando abria o mesmo era para produzir uma série de plantas.

 

Aprenda a utilizar o AutoCAD para topografia

 

e-book autocad para topografia

 

Se você gostou destas dicas, então você precisa conhecer o E-book AutoCAD para Topografia. No mesmo eu passo dicas práticas que ajudarão você a utilizar o AutoCAD profissionalmente. Acesse o link abaixo e conheça melhor o E-book.

 

E-book AutoCAD para topografia…

 

 

 

 

About The Author

Adenilson Giovanini

Especialista em Geotecnologias, Topografia Cadastral e Georreferenciamento de Imóveis Rurais.